FESTA DOS VAQUEIROS

FESTA DOS VAQUEIROS
FESTA DOS VAQUEIROS CHORROCHO-BA

segunda-feira, julho 14, 2014

EM ABARÉ, GEDDEL LEMBRA DOS BENEFÍCIOS TRAZIDO PARA REGIÃO QUANDO MINISTRO

Localizado no sertão baiano, o município de Abaré recebeu na manhã deste domingo (13) os candidatos ao Senado da República, Geddel Vieira Lima (PMDB), ao governo, Paulo Souto (DEM), e a vice, Joaci Góes (PSDB), além de integrantes da majoritária, para um encontro com a população e lideranças locais,de Chorrochó,Rodelas,Curaçá, Paulo Afonso e outras cidades.

A chapa foi recepcionada pela tribo indígena Tumbalalá, que aproveitaram a oportunidade para conversar com Geddel e Paulo Souto sobre o que está acontecendo na região. De acordo com o cacique Cícero Marinheiro, o representante indígena na coordenação das secretarias não está conseguindo atender as demandas da tribo por questões políticas. "Viemos conversar com Geddel pois sempre tivemos uma boa relação com ele. Enquanto ministro, ele ajudou na construção de casas, escolas, banheiros e colocou água encanada. Hoje, nada acontece por pura politicagem", denunciou. "Cerca de seis mil índios vivem nesta região, divididos nos territórios de Abaré e Curaçá. Teremos uma grande responsabilidade já que, até com eles, o PT quer fazer política, separando índios petistas de índios não petistas. Índio é índio e tem que ser respeitado", defendeu Geddel. Paulo Souto reforçou: "Descriminar uma aldeia porque tem uma ideologia política diferente da do governo é um absurdo e tem que ser denunciado nacionalmente", ratificou o democrata.
 

O ex-prefeito do município, Delísio Oliveira, falou sobre programas específicos para a região, como o Cabra Forte e o Produzir, criados por Paulo Souto e extintos no atual governo. Ele lembrou ainda que Abaré é a única cidade da região com saneamento básico em toda sua extensão graças a Geddel, quando ministro. "Geddel ajudou no esgotamento sanitário, trouxe alimento básico, construiu adutoras para a região e conseguiu o convênio para a elaboração do projeto executivo do esgotamento sanitário de Ibó, obra que vai sair do papel com a ajuda do deputado federal Lúcio Vieira Lima, que conseguiu a liberação de mais de cinco milhões", festejou.

Geddel disse que essa sensação de abandono sentida em todas as regiões precisa mudar. "Fui ministro, fiz muitas coisas pela região e não tenho dúvidas de que ainda podemos fazer muito mais. É preciso construir a barragem de Riacho Grande, no município Chorrochó e Macururé, construir mais adutoras, asfaltar a BA 210, no trecho de Curaçá a Barra do Tarrachil, que está uma vergonha. Eles tiveram a oportunidade deles e não fizeram, agora é a hora da mudança e o que eles não fizeram, nós vamos fazer", finalizou.

O encontro também contou com a participação dos deputados Lúcio Vieira Lima, Pedro Tavares, Carlinhos Sobral, dos candidatos José Carlos Aleluia, Luiz de Deus e Alex da Piatã, além de vereadores e lideranças de diversos municípios da região.


 Fonte:Sertão mania/PMDB

Nenhum comentário: