FESTA DOS VAQUEIROS

FESTA DOS VAQUEIROS
FESTA DOS VAQUEIROS CHORROCHO-BA

quinta-feira, abril 16, 2015

AS RAPIDINHAS DA CAPITAL BAIANA.


Com Levi Vascocelos

Reajuste em pauta  — Josias Gomes, secretário de Relações Institucionais, se reúne com representantes do servidores, amanhã, para mais uma rodada de negociações sobre o reajuste salarial do servidor.
Amanhã, os servidores farão uma plenária com novidades: pela primeira vez entidades da PM estarão. Dizem eles, a palavra 'greve' passou a ser mais frequente.
"Cheguei no Senado pessimista e estou mais pessimista. Colocaram os prefeitos perto dos problemas e longe do dinheiro. Toda hora o governo cria um novo programa, mas o dinheiro não chega"

Otto Alencar,  senador do PSD, criticando a centralização financeira e administrativa federal e defendendo o projeto que redefine o Pacto Federativo.

Pepino para Neto
O clima bélico entre o presidente da Câmara de Salvador, Paulo Câmara (PSDB), e o vice-líder do governo Henrique Carballal (sem partido) está inviabilizando a agenda no Legislativo. ACM Neto (DEM) tentará esta semana apagar o fogo com os aliados.
É uma missão complicada. Nem a chuvarada dos últimos dias apagou.

MP TRAVA DEMISSÕES NO EBDA
As demissões na EBDA estão suspensas. Pelo menos é o que ficou acertado na primeira audiência da ação movida pelo Ministério Público do Trabalho, quarta passada. O governo sinalizou, mas não houve acordo, e o processo foi postergado até a próxima terça, quando haverá uma nova audiência.

MP NA BRONCA COM CONSELHO DE MEDICINA NA BAHIA.
O Ministério Público Estadual instalou um inquérito civil para investigar as denúncias de que o Conselho Regional de Medicina da Bahia (Cremeb) fixou preços mínimos e estaria obrigando os médicos a cobrar os valores estipulados, sob pena de responderem a processo disciplinar.
O primeiro secretário do Cremeb, Jorge Cerqueira, se disse surpreso. Ele afirma que o assunto já corre há cerca de dez anos, quando a classificação foi editada pela Associação Médica Brasileira.
Mas ressalva que logo após ser sugerida houve reações negativas e a tabela referencial nunca foi obrigatória.
— Fico surpreso de ver que isto foi convertido em inquérito civil. Julgando-se que era justo o pleito dos médicos que discordavam da medida não se fez processo nenhum. É uma coisa vencida e é uma surpresa que isto volte na forma de inquérito civil.


Nenhum comentário: