FESTA DOS VAQUEIROS

FESTA DOS VAQUEIROS
FESTA DOS VAQUEIROS CHORROCHO-BA

quinta-feira, setembro 24, 2015

FILHO DE RODELAS REPRESENTARA A CODEVASF NA REGIÃO





O presidente da Codevasf, Felipe Mendes, visitou no final de semana o Perímetro irrigado de Maniçoba, localizado na BA 210, a cerca de 35 quilômetros de Juazeiro, no norte da Bahia.
Acompanhado do superintendente regional, Alaôr Grangeon de Siqueira, e do assessor da presidência para a região, Rodrigo Almeida Fonseca, o presidente esteve reunido com os produtores do Maniçoba e com o diretor executivo do empreendimento agrícola, Valter Matias de Alencar.
O objetivo foi conhecer de perto a realidade do Perímetro e conversar com os produtores sobre os problemas e as soluções encontradas para o trabalho no campo.
A programação da visita começou com uma apresentação do gerente executivo do Distrito de Irrigação de Maniçoba (DIM), Valter Matias de Alencar, que detalhou toda a história do perímetro de irrigação desde o inicio de seu funcionamento, a criação do Distrito, as dificuldades encontradas e as soluções adotadas, as quais fizeram do Maniçoba um dos exemplos de administração de perímetro público de irrigação.
Após a apresentação o presidente Felipe Mendes conversou com alguns produtores que fazem parte do Conselho Administrativo do perímetro, e ouviu deles histórias como a do produtor Abenor Mota, que depois de muitas dificuldades no inicio da implantação do Maniçoba, hoje pode ser considerado um agroempreendedor de sucesso. Para Abenor, “este é o primeiro presidente da Codevasf, que logo depois de assumir, veio conhecer de perto um perímetro de irrigação e conversar com a gente, e isso é muito bom para nós, isso é muito gratificante e nós ficamos orgulhosos com isso”.
Depois da reunião na sede do distrito, todos os participantes acompanharam o presidente Felipe Mendes até a estação principal de bombeamento do Maniçoba (EB1), onde os técnicos da Codevasf e do próprio perímetro esclareceram as dúvidas do presidente sobre a captação e controle da distribuição e uso de água.
Logo em seguida o presidente visitou um lote agrícola, e viu de perto como funcionam os sistemas de irrigação por gotejamento e por microaspersor. Na oportunidade Felipe Mendes conversou com o dono do lote e sua família sobre o trabalho que eles desenvolvem no local.

Nova realidade

Ao final da visita, o presidente Felipe Mendes afirmou que “pude perceber que aqui tem muitos exemplos que podem ser seguidos por outros perímetros. O Maniçoba tem uma realidade de empresa, de calcular e reduzir custos, de ser um empreendimento enxuto, sem grandes luxos, como muitas vezes outros empreendimento ligados ao governo têem”.
Na opinião de Felipe Mendes, “uma grande característica positiva do Maniçoba é a união dos produtores e de todos os funcionários do distrito – uma capacidade de se entenderem bem e todos com o mesmo propósito, com o mesmo objetivo, e é isso que dá ao Maniçoba a condição de ser um exemplo para outros perímetros ou para outras iniciativas da Codevasf, como outros perímetros que estão em fase inicial de implantação. Eu gostaria que fosse levado para eles essa experiência por pessoas que trabalham aqui, sejam empresários, sejam pequenos produtores e também as pessoas que administram o perímetro”.
Para o gerente executivo do Perímetro Irrigado de Maniçoba, Valter Matias de Alencar, a visita do Presidente “foi uma ótima oportunidade para mostrarmos nosso trabalho, e principalmente a importância do Perímetro para o desenvolvimento da região”.
O superintendente regional da Codevasf em Juazeiro, Alaôr Grangeon de Siqueira, confessa que “esta não é a primeira vez que recebemos a visita de um presidente a um perímetro de irrigação, mas cada visita feita é muito importante para que eles tenham uma dimensão do tamanho físico da obra e principalmente da grandiosidade dos benefícios que esses empreendimentos agrícolas trazem para a região e também para o nordeste e para o país”.
O superintendente afirma que “estamos vivendo uma nova realidade, que é a crise hídrica, devido às mudanças climáticas que estão ocorrendo no mundo, e principalmente no Brasil. Mas a Codevasf tem procurado fazer a sua parte, e é importante que haja este conhecimento sobre a nossa realidade para podermos juntos superar as dificuldades”.

 
A preocupação do presidente Felipe Mendes com os problemas causados pela estiagem no semiárido fez com que ele colocasse um representante da presidência estabelecido aqui na região. Dos 15 assessores especiais de que dispõe a presidência da Codevasf em Brasília, sete podem ser lotados nas superintendências regionais, e foi isso que fez o presidente, nomeando o engenheiro agrônomo Rodrigo Almeida Fonseca para um desses cargos aqui na região. Sendo natural de Rodelas e tendo estudado em Juazeiro, Rodrigo conhece a realidade local, e a pedido de Felipe Mendes vai ajudar a superintendência na solução de problemas que requerem uma ação mais decisiva e rápida por parte da Codevasf em Brasília. Por ser natural de uma região em desenvolvimento, e que está enfrentando problemas no setor de custeio, Rodrigo dará atenção especial aos perímetros do Sistema Itaparica (Gloria, Rodelas e Pedra Branca).

Com Informações da Codevasf/Chorrochoemfoco

Nenhum comentário: