FESTA DOS VAQUEIROS

FESTA DOS VAQUEIROS
FESTA DOS VAQUEIROS CHORROCHO-BA

quinta-feira, setembro 10, 2015

PF DESCOBRE ESQUEMA PESADO, NA PREMIAÇÃO DAS CASAS LOTERICAS, O EX JOGADOR EDILSON "CAPETINHA" ESTA ENVOLVIDO.

PF deflagra operação contra fraude em pagamentos da loteria na BA e outros 5 estados

Edilson 'Capetinha' é investigado em operação sobre fraude em loteria

A Polícia Federal (PF) deflagrou uma operação na manhã desta quinta-feira (10) para desarticular um grupo especializado em fraudar pagamento de loterias da Caixa. Segundo o perfil da PF no Twitter, a Operação Desventura cumpre 54 mandados judiciais na Bahia, Goiás, São Paulo, Sergipe, Paraná e Distrito Federal. São 5 mandados de prisão preventiva, 8 temporárias, 22 conduções coercitivas e 19 buscas. O esquema consistia em validação de bilhetes falsos por gerentes da Caixa que viabilizavam o prêmio por meio de suas senhas. Gerentes eram recrutados por correntistas com grande movimentação financeira, entre eles um ex-jogador da seleção brasileira. De acordo com a corporação, o esquema desviou milhões de valores de bilhetes premiados, não sacados pelos ganhadores, que deveriam ser destinados ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Ainda segundo a corporação, quando os criminosos estavam de posse de informações privilegiadas, entravam em contato com os gerentes para que eles viabilizassem o recebimento do prêmio por meio de suas senhas, validando, de forma irregular, os bilhetes falsos. A PF também identificou fraudes na utilização de recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES), ConstruCard, que é o financiamento da Caixa para a compra de materiais de construção, e liberação irregular de gravames de veículos. Na manhã desta quinta, agentes da Polícia Federal estiveram em um prédio do bairro da Pituba, em Salvador. A operação foi realizada no Edifício Costa Verde, que fica na Avenida Magalhães Neto. Comerciantes que trabalham próximo ao local confirmaram a chegada e a saída dos membros da PF, embora não haja confirmação oficial de que se trate da mesma operação.

O ex-jogador da seleção brasileira, Edílson "Capetinha", seria um dos investigados na Operação Desventura, que visa desarticular uma organização criminosa especializada em fraudar o pagamento de loterias da Caixa Econômica Federal. A PF cumpriu mandado de busca e apreensão na casa de Edilson na manhã desta quinta-feira (10). O crime se daria por meio da validação fraudulenta de bilhetes de loteria e os valores desviados podem atingir cifras milionárias. Os investigadores constataram que o esquema criminoso contava com a ajuda de correntistas do banco, que eram escolhidos por movimentarem grandes volumes financeiros e que foram usados para recrutar gerentes da Caixa para serem utilizados na fraude. Dentre esses correntistas foi identificado, além de Edilson, um doleiro. O ex-jogador foi preso em março de 2014 por não pagar pensão alimentícia. (Atualizado às 11h30)


Fonte: BN

Nenhum comentário: