FESTA DOS VAQUEIROS

FESTA DOS VAQUEIROS
FESTA DOS VAQUEIROS CHORROCHO-BA

sexta-feira, maio 27, 2016

EM GRAMPO, RENAN DEFENDE AÇÃO SIMULADA DO CONSELHO DE ÉTICA EM FAVOR DE DELCÍDIO

Em grampo, Renan defende ação simulada do Conselho de Ética em favor de Delcídio

Novas gravações envolvendo o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) foram divulgadas nesta quinta-feira (26), dessa vez pelo jornal Hoje, da TV Globo. A conversa entre o congressista e uma pessoa identificada como Wanderberg, que estaria atuando em favor do ex-senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS), foi gravada pelo ex-presidente da Transpetro no dia 24 de fevereiro. Na ocasião, o processo de cassação do ex-petista ainda tramitava no Conselho de Ética da Casa. "O que que ele [Delcídio] tem que fazer [é] uma carta, submeter a várias pessoas, fazer uma coisa humilde... [Dizer] Que já pagou um preço pelo que fez, foi preso tantos dias, [que a] família pagou, a mulher pagou", diz Renan. No diálogo, o senador também defende que o presidente do Conselho de Ética, João Alberto Souza (PMDB-MA), finja que a tramitação está tramitando normalmente. "O João, ele fica lá ouvindo os caras... O Conselho de Ética não tem elementos para levar processo adiante. Também é ruim dizer que não vai levar o processo adiante. Então, o Conselho de Ética tem que requerer diligências, [fazer] requisição de peças e, enquanto isso não chegar, fica lá parado", sugeriu. Outra gravação, desta vez no dia 11 de março, mostra críticas do peemedebista ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot. "Agora esse Janot, Renan, é o maior mau caráter da face da terra", afirma Machado, ouvindo como resposta de Renan: "Mau caráter! Mau caráter! E faz tudo que essa força-tarefa [da Lava Jato] quer". Para o ex-presidente da Transpetro, o procurador “quer sair como herói”. “E tem que se encontrar uma fórmula de dar um chega pra lá nessa negociação ampla pra poder segurar esse pessoal [investigadores]. Eles estão se achando o dono do mundo [sic]", aponta, com a concordância de Renan: "Dono do mundo". Eles também citam o senador Aécio Neves (PSDB) no diálogo. "E o PSDB pensava que não, mas o Aécio agora sabe. O Aécio, Renan, é o cara mais vulnerável do mundo". Na sequência, Renan concorda: "É".

Bahia Noticias

Nenhum comentário: