FESTA DOS VAQUEIROS

FESTA DOS VAQUEIROS
FESTA DOS VAQUEIROS CHORROCHO-BA

sábado, agosto 20, 2016

BOA IDEIA-CRIANÇAS CRIAM GRUPO “CARONA À PÉ” E VÃO JUNTAS PARA A ESCOLA

Foto: Karime Xavier / FolhaPress


Nada de ônibus, van, mãe, babá, nem filas duplas de carros na porta da escola.
Crianças de um colégio particular formaram o “grupo carona à pé”. Sim, elas vão juntas para a aula, acompanhadas por um adulto na frente e outro atrás.
A ideia foi da professora Carolina Padilha do Colégio Equipe, em Santa Cecília, região central de São Paulo.
O projeto que hoje envolve 80 alunos, 24 pais e professores, já entrou no radar de outras escolas da capital.

História

Ela começou a guiar a primeira rota de alunos em julho de 2015.
Pais e alunos gostaram do projeto. Uma mãe fez o site. Outra, advogada, o termo de consentimento dos pais.
As crianças também deram ideias como criar pontos de encontro próximos à escola para quem mora longe poder participar.

Com a adesão de mais pais e professores, o número de rotas cresceu. Hoje, são oito.

Regras

Há algumas regras gerais.

Crianças vão em duplas de mãos dadas
Um adulto vai na frente, outro atrás
Todos usam uma espécie de colar de identificação do projeto.
Cada grupo tem autonomia para definir fatores como frequência semanal e cancelamento, ou não, se chover.

José Pupo, pai de uma aluna, coordena uma das rotas. A mais longa de todas, tem 1,9 km, da região do parque da Água Branca ao colégio, o que leva cerca de 25 minutos.

Seu grupo tem uma regra própria: a cada semana, uma das crianças é a líder: vai à frente, checa se há carros saindo de garagens e dita o ritmo da caminhada.

Esportista, Pupo leva uma mochila de turismo de aventura com quatro garrafas de água. “É uma oportunidade de fazer algo regularmente com a minha filha e passar alguns valores para ela”, diz.

Segundo a professora que idealizou o projeto, a ideia é, de fato, ir além da questão da praticidade e trabalhar temas como parceria, diálogo, mobilidade e segurança.

Após a divulgação da iniciativa na internet, pais de outras escolas a procuraram para replicar o projeto.


Com informações da Folha/Blog So Noticias Boas

Nenhum comentário: