CURSO

CURSO
DIA 01 DE OUTUBRO EM BELÉM DO SÃO FRANCISCO-PE

sábado, novembro 26, 2016

AIPO E SALSA ACABAM COM EFEITO IOIÔ DAS DIETAS, DIZEM CIENTISTAS.

Foto: Getty Images/Daily Mail

Depois de uma dieta bem sucedida você sempre acaba ganhando uns quilinhos a mais sem querer.

Esse “engorda, emagrece, engorda, emagrece”, conhecido como efeito ioiô, tem explicação e solução!

Cientistas de Israel descobriram que as culpadas podem ser bactérias que moram no intestino.

Enquanto o corpo perde peso, os micróbios que vivem lá fazem uma corrida e armazenam gordura extra quando se deparam com alimentos gordurosos que você comeu novamente.

Os pesquisadores acreditam que as “más bactérias” intestinais causam um peso maior por destruir compostos naturais, encontrados em nossos alimentos, que nos encorajam a queimar gordura.

Solução

A boa noticia é que o efeito pode ser revertido ao tomarmos uma bebida contendo altos níveis de substâncias que encontramos naturalmente em frutas e vegetais: os flavonóides.

Eles estimulam nossas células a “queimar” a gordura em vez de armazená-la.

Embora a pesquisa tenha sido em camundongos, os cientistas acreditam que um mecanismo semelhante pode funcionar em seres humanos.

Um dos compostos flavonóides, a apigenina, é encontrada na salsa, aipo e chá de camomila.

A outra, a naringenina, está presente na toranja, laranja, pele de tomate e menta.

A pesquisa

O novo estudo realizado por pesquisadores israelenses quis saber como camundongos que se tornaram obesos após uma dieta rica em gordura, perderam peso com sucesso após uma dieta normal, mas depois engordaram muito mais quando voltaram a comer alimentos gordurosos.

Quando a comunidade de ratos gordos com bactérias intestinais foi transferida para ratos normais, estes ratos de peso normal também mostraram ganho de peso “acelerado” quando comiam alimentos gordurosos.

A chave para o processo foram as más bactérias do intestino.

Eran Segal, co-autor da pesquisa, disse que nossas bactérias intestinais, ou microbiome, podem ter sido úteis no passado, nos ajudando a ganhar peso rapidamente depois de passarmos fome. Mas “hoje agem contra nós”.

‘Nós sabemos que as dietas falham e não funcionam. Um dos aspectos novos que examinamos aqui é o fenômeno da obesidade recidivante, que volta. Normalmente não é porque as dietas não funcionam inicialmente, o problema é a recuperação do peso. As pessoas continuam as dietas repetidamente, e continuam falhando nisso.”

Ele acrescentou que, embora o estudo tenha sido realizado em ratos, “acreditamos o fenômeno é semelhante nos seres humanos “.


Com informações do Daily Mail

www.sonoticiaboa.com.br

Nenhum comentário: