FESTA DOS VAQUEIROS

FESTA DOS VAQUEIROS
FESTA DOS VAQUEIROS CHORROCHO-BA

terça-feira, abril 05, 2016

PARCERIAS VÃO INCENTIVAR PRODUÇÃO DE LEITE DE CABRA NO SERTÃO DO SÃO FRANCISCO


Uma articulação institucional entre o Sebrae, por meio do Programa Bioma Caatinga, do Governo do Estado da Bahia por intermédio da Secretaria de Desenvolvimento Rural e Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB) e do Banco do Brasil, pretende apoiar o fortalecimento da cadeia produtiva da ovinocaprinocultura no sertão do São Francisco. A região possui a metade do rebanho de caprinos e ovinos da Bahia. Com o objetivo de somar conhecimentos e fortalecer a produção e comercialização leiteira do setor de ovinocaprinocultura aconteceu, na última sexta-feira, dia 1°, uma reunião que contou com a presença de representantes e produtores rurais da região.

O agricultor familiar Willames Thiago Santana, presidente da Cooperativa da Agropecuária Familiar de Juazeiro será um dos beneficiados pelas ações de assistência técnica, capacitação e fomento à comercialização. A cooperativa reúne 22 produtores e atua na produção de leite e derivados e cortes especiais de cordeiro. “Nós temos a matéria-prima e produtividade que aliados à profissionalização dos produtores rurais, inserções de tecnologias e credenciamento dos produtos vai fortalecer a cadeia leiteira e ampliar as possibilidades de mercado”, disse.

O coordenador do Programa Bioma Caatinga e técnico do Sebrae Juazeiro, Carlos Robério Araújo, explica que a união de forças articuladas irão contribuir para a sustentabilidade das atividades de produção, processamento e comercialização, fortalecendo ainda mais o setor da caprinocultura de leite no norte da Bahia. “O Programa Bioma Caatinga vai organizar a produção e o Governo do Estado vai fomentar a formalização da cadeia produtiva, provendo certificação e dando ao setor condição de beneficiamento da produção e comercialização dos produtos. Uma das novidades nessa articulação é a participação direta e ativa do laticínio Bom Sabor, condição especial para que o produto seja disponibilizado para o mercado de forma legal”, frisa.

Para o Superintende da Secretaria de Desenvolvimento Rural, Fábio de Oliveira, o projeto irá fomentar a produção de leite de cabra e seus derivados. “Esse é um programa de assistência social que irá incentivar a cadeia produtiva do leite de cabra. O governo do Estado da Bahia está atento para a garantia de colocação dos produtos no mercado. Não estamos medindo esforços para apoiar a certificação do laticínio e a implemnetação do processo de produção de queijos finos”, disse.

Entre os dias 15 e 17 deste mês os produtores irão participar de um curso de produção de queijos finos a base de leite de cabra. O evento acontecerá o Distrito Industrial de Juazeiro, no laticínio Bom Sabor e contará com a presença da Professora Doutora Maria Helena, especialista na produção de queijos finos.


Asscom/BlogGeraldo jose

Nenhum comentário: